terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

A Tradição do Azevinho


Conhecem a tradição de, no Natal, as pessoas se beijarem de baixo do azevinho para dar sorte? Pois bem, esta tradição remonta aos Celtas, que acreditavam que o azevinho que crescia nos carvalhos sagrados era especialmente mágico.

Se por acaso um nojento qualquer que esteja interessado em ti apareça com um ramo de azevinho e queira convencer-te a dar-lhe um beijo debaixo dele para trazer felicidade a ambos NÃO TE DEIXES ENGANAR! Diz-lhe apenas a verdade: o azevinho só é mágico quando for cortado por um druida e com uma foice de ouro! Quando ele se for embora cabisbaixo a pensar em mais uma estratégia deixa-o completamente K.O. com a tua sabedoria. Acrescenta que o azevinho sagrado não deve tocar no chão, por isso, quando o druida trepa à árvore com a foice de ouro, ficam lá em baixo dois druidas com um lençol branco esticado para o apanhar.

Claro que as hipóteses de algum tarado te aparecer com um ramo de azevinho são praticamente nulas, mas também quase nulas são as hipóteses de o druida cair da árvore e quando se estatelar no chão verificar que os outros se enganaram na árvore...

1 comentário:

CandleЯ disse...

Cá pra mim tu inventaste essa tradição... nunca ouvi falar em tal algo de beijar azevinhos...