sexta-feira, 15 de março de 2013

Finalmente!

Depois de meter na cabeça que queria um batom roxo e de descobrir que, depois da estação passada, a cor que eu queria tinha passado à história, finalmente optei por um:



Este é o Rouge Volupté Shine 03 Violet Incognito da Yves Sanit Laurent. Não é tão escuro como queria, mas vai adaptar-se tanto agora que está mais frio como com a chegada de tempos mais quentes. Melhor ainda: consegui 20% de desconto e ainda tive a oferta de um mini batom vermelho da Make Up Forever. Parece que as compras da Sephora compensam sempre :)

Imagem

sexta-feira, 8 de março de 2013

Cenas de um dia de chuva

'Que estranho... parece mesmo que aquele senhor está a passear um gato com trela à chuva...'

'Agora está a levanta-lo pelo ar... coitado do animal...'

Ainda bem que me apercebi a tempo que era um chapéu de chuva todo partido porque depois começa a dar-lhe com o pé, a acabar de o estragar completamente...


 
E lá seguiu ele todo contente (ou não está a chover) com aquilo na mão...


P. S. - Não sei o que é pior: escrever sobre isto ou escrever à chuva...

segunda-feira, 4 de março de 2013

Eventualidades da escuridão

Ontem fui jantar a um restaurante. A dada altura fui à casa de banho. Entretanto, alguém decide ir lavar as mãos e, para acender a luz, apaga a minha. Eu fico completamente às escuras sem conseguir abrir a porta.
O que uma pessoa normal faria:
- Batia na porta educadamente e chamava por alguém para pedir ajuda;
O que uma pessoa em pânico faria:
- Entrava em desespero, começava a chorar e quando saísse agredia o culpado pelo sucedido;
O que eu fiz:
- Comecei a tentar arrombar a porta ("vou sair daqui nem que tenha de ser à força!")
Uma senhora acabou por ouvir o barulho e chamou uma funcionária, que acendeu a luz, e eu lá consegui destrancar a porta. A maçaneta ficou meia de lado e a minha mão dorida...

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

quarta-feira, 3 de março de 2010